logo
Jun 19
Por que? PDF Imprimir E-mail

Baseados em que, o crescimento humano favorece a pessoa a cuidar de si mesma e tornar-se autônomo, entendemos que a educação está relacionada com o crescimento e a solidez da estrutura da personalidade ligada a vários fatores, tais como: afeto, ética, limite e socialização. Estes fatores favorecem a uma boa formação da identidade e a inclusão saudável do individuo na sociedade.

Hoje, devido ao fácil acesso ás drogas, desestruturação familiar, falta de perspectivas para o crescimento social, insuficiência de empreendimentos educacionais e a crise da instituição escolar, nossos jovens encontram-se vulneráveis á marginalidade.

Acreditamos que as instituições, famílias e escola, tão importantes e alteradas em suas estruturas nos últimos tempos, precisam resgatar seus valores básicos, motivo pelo qual escolhemos com acostamento do desenvolvimento deste projeto.

Com fundamento em resultados de pesquisas feitas em São Paulo, concluímos que temos um alto índice de violência e envolvimento com  drogas das crianças e adolescentes, principalmente nas regiões em que há grande concentração populacional.

O acesso à Saúde não é adequado, já que o bairro não possui hospitais nem prontos socorros e nos mais próximo nem sempre se encontra certa especialidade da medicina.

Existem dois posto de saúde no bairro e outros nas aproximidades que também contam com um atendimento limitado, com consultas agendadas para dois, três e ás vezes muito mais meses. Outro problema é a precária distribuição de medicamentos.

Existe um Centro Desportivo Municipal no Bairro, que é a única opção de esporte existente, mas nós da Associação utilizamos uma quadra esportiva ao lado, em uma escola do bairro.

A infra-estrutura é precária, existem dois supermercados de médio porte e diversos mini-mercados, padarias e mercearias, açougues e lojas de variedades. Percebe-se a existência, em quantidade exagerada, de bares, mesmo próximo ás escolas. Creches, EMEI’s e Núcleo Sócio Educativos.

Quase em toda a sua totalidade das vias se encontram pavimentadas. A coleta de lixo é regular, mas mesmo assim, em algumas encostas, onde se localiza a favela do bairro, muito dos moradores jogam lixo, o que impede o crescimento da vegetação e com as chuvas gera desmoronamentos, sem contar as doenças e as pragas atraídas pelo lixo.

A Cultura e Lazer são quase inexistentes, provenientes apenas de eventos promovidos pelas ONG’s e Igrejas.